Por que a fermentação natural é tão saudável

ocê tem idéia o Por que a fermentação natural é tão saudável? Confirma o Por que a fermentação natural é tão saudável para o seu corpo e como isso pode te ajudar.

Por que a fermentação natural é tão saudável

Um dos processos mais básicos da preparação de massas é a sua fermentação: sem ela, o pão não cresce do modo como a receita exige. Normalmente, as pessoas fazem uso de fermentos químicos para promover a fermentação, o que é muito útil, mas nem sempre tão bom para a saúde.

Por que a fermentação natural é tão saudável
Por que a fermentação natural é tão saudável

O fato é que os produtos naturais sempre são mais saudáveis que os industrializados e não é diferente com os fermentos. Sendo assim, o setor de panificação começou a apostar na fermentação natural: fazendo isso, ele consegue promover a saúde dos seus clientes, agradar aqueles que preferem alimentos naturais e ainda economiza porque não precisará ficar comprando fermento. 

Para preparar a fermentação natural, no entanto, existe um processo especial e é preciso conhecê-lo: caso contrário, a sua adição às massas não fará diferença e elas não crescerão. Uma vez aprendido como funciona a fermentação natural, é difícil querer voltar ao fermento químico. Afinal, os benefícios à saúde e ao bolso são vários. 

O que é fermentação natural? – Por que a fermentação natural é tão saudável

A fermentação natural tem o objetivo de formar substâncias que façam com que as massas cresçam. Na realidade, o fermento natural também tem a forma de uma massa: é só incorporá-la à do pão e colocar no forno. Assim, conforme ela cresce, o pão cresce junto. 

Porém, como fazer com que uma simples massa se transforme em um fermento natural? Esse é um processo dirigido pela própria natureza: é necessário dar oportunidade para que os micro-organismos desenvolvam ácido lático e também o ácido acético. 

Os micro-organismos em questão não demandam trabalho de quem está fazendo a fermentação natural: certamente, eles estarão na cozinha em que a massa está sendo feita. Isso porque eles vivem no ar e, assim que se instalam, começam a preparar o processo de fermentação.

Conhecido como levain, os seus ingredientes são os seguintes:

  • 3 colheres de sopa de farinha de trigo;
  • 2 colheres de sopa de água

Misturando por alguns minutos, será formada uma massa, que deverá ser colocada em um recipiente de vidro com tampa. Se quiser, a pessoa pode usar vidros de molho de tomate e outros que possam ser fechados, mas sempre bem higienizados para que não haja interferência na ação dos micro-organismos. 

A cada 24h coloca-se de novo as mesmas medidas de farinha de trigo e de água, misturando de novo. O processo tem de se repetir por seis dias, mais ou menos, o que significa que o recipiente deve ser de tamanho médio ou grande. Após esses seis dias, o fermento natural poderá ser colocado na geladeira.

Quais as vantagens da fermentação natural?

A fermentação natural é indicada a quem tem problemas estomacais, pois a massa preparada com ele é melhor digerida. Além disso, o sabor de um alimento fermentado naturalmente é muito melhor.

Com esse tipo de fermentação, o alimento fica livre de todas as substâncias industrializadas que podem ser agressivas ao organismo, além de ser muito bom para quem controla os níveis de glicemia.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *